Característica

É um dispositivo plástico, geralmente em forma de T, com um filamento de cobre. Portanto, sem liberação de hormônio. Deve ser inserido dentro do útero pelo médico. Assim como no DIU Hormonal, sua inserção deve ser feita pelo médico e, geralmente, é realizada no próprio consultório. Algumas mulheres podem apresentar um desconforto maior e dor forte durante o procedimento de inserção, necessitando de anestesia. Em alguns casos a colocação se faz em ambiente hospitalar. Em menos de 10% das usuárias pode ocorrer expulsão completa ou parcial do DIU. Raramente pode ocorrer perfuração do útero durante o procedimento de inserção.

Eficácia

Tem alta eficácia, sendo indicado principalmente para mulheres que desejam contracepção de longo prazo (3 a 10 anos). O grau de efetividade é similar ao da laqueadura. Quando a paciente decidir engravidar, após a remoção, a fertilidade voltará rapidamente, independentemente do tempo utilizado.

Mais Informações

Clique sobre o card do método para mais detalhes.

Veja
Também

Todas as Postagens

ler conteúdo

Ovulação e período fértil

É a fase do ciclo menstrual em que o óvulo é liberado pelo ovário, que segue até as trompas para…


ler conteúdo

Menstruação

É o fluxo de sangue provocado pela descamação das paredes uterinas que formam o endométrio, quando não ocorre a fecundação….

Gostou do Conteúdo?

Assine e receba nossa newsletter no conforto de sua caixa de e-mail.



© 2019 #vamosdecidirjuntos - todos os direitos reservados.