Dr. Rogerio Bonassi Machado

Comissão Nacional Especializada em Anticoncepção

 

O contraceptivo oral é seguro mesmo?

Sim, gente, muito seguro! Os contraceptivos orais, ou pílulas contraceptivas, são muito eficazes na prevenção da gestação. Mas, para isso, você precisa usá-las de maneira ideal, sem erros, ou a gestação baterá na sua porta de surpresa. Você está preparada?

 

Pois é, o uso correto da pílula é chamado de uso perfeito. Alguns dados de estudos confiáveis até mostram que, se a pílula for usada sem erros, o índice de gestações que ocorreriam em mulheres usando o método seria extremamente baixo, sendo a taxa de falha de 0,3 a cada 100 mulheres ao ano. Ou seja, a cada 100 mulheres que usam uma pílula corretamente, durante um ano nenhuma engravidaria. Mas como esse é um método que depende da usuária – mas isso agora, né? – o esquecimento e o uso incorreto aparecem como principais elementos do aumento da taxa de falhas, para até 8 a cada 100 mulheres ao ano.

 

 

E como fazer para evitar o uso incorreto das pílulas?

Vamos lá! Você saberia responder? Além da orientação permanente para o uso correto das pílulas, outras estratégias têm sido realizadas para evitar o uso incorreto. Os próprios anticoncepcionais orais modernos contam com formas de uso que visam evitar os principais erros que poderiam ocasionar falhas. 

 

Um deles é o intervalo entre as cartelas. Os contraceptivos tradicionais, muitos ainda disponíveis, possuem um regime de uso chamado de 21/7. Nesse regime de uso, a mulher utiliza um comprimido ao dia por 21 dias, fazendo uma pausa de 7 dias e recomeçando a próxima cartela no 8º dia. Nessa pausa de 7 dias ocorre o sangramento menstrual. Estudos mostram que 7 dias é o prazo máximo para esse intervalo, ou seja, se a mulher não reiniciar a pílula no dia seguinte corre risco de que o processo de ovulação se inicie, aumentando o risco para uma falha anticoncepcional. Pensando nesse aspecto, já há algum tempo muitos anticoncepcionais tiveram a pausa encurtada para 4 dias, ou mesmo aboliram a pausa, como no caso das pílulas contínuas ou de uso estendido. 

 

Outra estratégia é a de colocar comprimidos inativos (placebo) durante o período do intervalo, para evitar o uso incorreto na retomada do anticoncepcional. Outros facilitadores também têm sido propostos, como aplicativos que ajudam a usar corretamente a pílula.

 

Pílula na prática: principais dúvidas

– É necessário tomar a pílula no mesmo horário? 

Não. A pílula combinada precisa ser tomada uma vez ao dia, independentemente do horário. Caso você esqueça naquele dia, pode usar 2 comprimidos no dia seguinte, isso é recomendado, tá? Se esquecer mais que dois dias, deve continuar a usar diariamente, porém é necessário um método adicional, como o preservativo, nos próximos 7 dias.

 

– O que, de fato, pode diminuir o efeito do anticoncepcional?

A maior preocupação é sobre o uso de remédios juntamente com a pílula. Os antidepressivos não diminuem o efeito das pílulas, assim como os antibióticos comuns. 

Diarréia também não leva a falha, já que as pílulas são absorvidas na porção inicial do trato digestivo. Caso você vomite imediatamente após a ingestão da pílula, deve tomar outra. Vômitos ocasionais não representam fator que possa levar à falha.

Medicações anticonvulsivantes, como a carbamazepina, podem ter efeito na diminuição da eficácia das pílulas, assim como alguns antibióticos de uso raro, como a rifampicina e a griseofulvina. Logicamente, os médicos conhecem bem essas situações e devem ser consultados em caso de dúvidas.

 

– Devo me preocupar com o sangramento de escape?

Calma! Os sangramentos de escape podem ocorrer em todos os tipos de contraceptivos hormonais. Embora comuns, os escapes não se relacionam à perda da eficácia de uma pílula. Então não há o que se preocupar. O escape em geral ocorre nos primeiros meses de uso de uma pílula, diminuindo bastante com o uso e é, na maior parte das vezes, relacionado a dose do contraceptivo.

 

Quiz sobre eficácia dos contraceptivos: veja o que você sabe!

 

  1. As pílulas combinadas são muito eficazes se usadas corretamente e quase não falham. Essa afirmativa é:

Resposta: Verdadeiro.

 

  1. Vou iniciar um contraceptivo oral. Devo usar preservativo junto com a pílula na primeira cartela de uso porque o efeito anticoncepcional demora 15 dias para ser atingido. Isso é:

Falso: Mulheres que irão iniciar o contraceptivo devem tomar o primeiro comprimido no primeiro dia do ciclo menstrual (assim que menstruar), dispensando, para finalidade de evitar gravidez, método adicional como o preservativo.

 

  1. Esqueci de tomar um comprimido, posso usar 2 no outro dia?

Resposta: Sim. Caso haja esquecimento de mais de 2 dias considerar o uso de pílula do dia seguinte ou preservativo nos próximos 7 dias.

 

  1. Responda sim ou não ao que pode diminuir o efeito do seu anticoncepcional oral:

Diarreia – Não

Vômito ocasional não relacionado a ingestão da pílula – Não

Antidepressivo – Não

Antibiótico comum – Não

Escape menstrual – Não

Excesso de peso – Não

Esquecer mais que dois comprimidos seguidos – Sim

Errar o dia de iniciar a cartela – Sim

Anticonvulsivante – Sim